MINHA META FINAL

sábado, 9 de maio de 2009

Agora é a HORA!!!


Olá meninas e meninos!


Eu fiz uma loucura hoje, rsrsr, vcs nem imaginam, rsrrs, acho que nem eu acredito. Mas sabem eu sou assim, quando realmente enfio uma coisa na cabeça não tem quem tire. Fico matutando, matutando até dar um jeito de fazer o que quero.

Imagino que vcs devem estar pensando que surtei, mas só gastei um pouquinho assim daquilo que eu não podia. Porém acho que valeu a pena.

Eu comprei , comprei mesmo , rsrrs os dois livros que comentei num post anterior . Pense Magro: A Dieta definitica de Beck e o Livro de Tarefas - Pense Magro: A Dieta definitica de Beck; ambos da Dra. Judith S. Beck - editora Artmed.

Comecei a ler o Livro; fala sobre como treinar o nosso cérebro a pensar como uma pessoa que é magra, ou seja, come para matar a fome (biológico) e não para satisfazer a vontade incontrolavel de comer de origem emocional, social, ambiental, mental usando a comida para aliviar a tensão ou nos recompensar por algo.

Vou usar um caderno comum para fazer as anotações no decorrer do dia e depois transcrever para o blog. Não prometo que consiga colocar tudo timtim por timtim, mas o que eu conseguir vou postar para vcs.

Os primeiros quatro capítulos explicam sobre a Terapia Cognitiva e os seus principios usados neste livro.
Do que li e diga -se de passagem me chamou a atenção foram os itens abaixo:

Para emagrecer e não voltar a engordar é importante:

  • Precisamos escolher uma dieta nutritiva;
  • Arrumar tempo e energia para fazer a dieta;
  • Planejar o que e quando comer;
  • Procurar apoio;
  • Lidar com a decepção;
  • VER O ATO DE COMER EXAGERADAMENTE com um problema temporário que você pode resolver;
  • Saber lidar com a fome e do desejo incotrolável de comer;
  • Eliminar o ato de comer pelo fator emocional;
  • Elogiar a si mesmo.
Apenas devemos fazer o necessário, um dia de cada vez!!! A dieta definitiva de Beck tem por objetivo me levar a um processo de mudar meus pensamentos sabotadores (que fazem eu me afastar da dieta) para pensamentos adaptativos (que o conduzirão ao sucesso).

Os pensamentos sabotadores incentivam -me a comer, minam minha autoconfiança, aumentam o meu nível geral de estresse e de quebra (srsrs) autorizam eu a desconsiderar os conselhos do livro. Identificando os estímulos que provocam os pensamentos sabodatores e o que levam a comer de maneira inadequada, eu posso minimizar minha exposição a eles ou mudar a forma de enfrentá-los.

Além da fome existem outras sensações que preciso conhecer para tomar decisões certas sobre a alimentação.
Fome: Você experimenta uma sensação de vazio no estômago que frequentemente é acompanhada de ruídos.
Sede: você esperiementa uma sensação de secura na boca que o impele a tomar líquidos.
Desejo: você quer comer porque está influenciado por outros estímulos, mesmo que tenha recém comido.
Desejo Incontrolável: você sente a urgência de ocmer um tipo específico de alimento, acompanhada de tensão e uma sensaçõa desagradavel na boca, na garganta ou no corpo.

POR ISSO PRECISO APRENDER A DIFERENCIAR A FOME DA VONTADE DE COMER!

Quando eu conseguir identificar os gatilhos que me levam a comer "automaticamente", ficará mais fácil de fazer minha R.A. emagrecer e não engordar mais mantendo o peso.

2 comentários:

LUCIANA MINAS disse...

Oi Amiga,foi bom vc ter comprado os livros,sim,se são pra ajudar,td vem em boa hora.Bjuss,e bom find

Lei disse...

oi Déia!
gostei desse livro!!
vou ficar esperando ansiosa por mais resumos do que vc estiver lendo! Vai ser um bom aprendizado!
E... força amiga!! VC vai vencer!

beijos
sucesso

Meus selinhos