MINHA META FINAL

sábado, 30 de janeiro de 2010

SELINHOOOOOO !!!!!! ADORO !!!!!

Ganhei mais um selinho foi da minha querida amiga Nathália. A regrinha diz que devo oferecer a 5 blogueiras queridas. Andei pensando e resolvi oferecer a todas que passarem por aqui porque sei que lutar , perseguir nossos sonhos só é  para pessoas de OURO como todas nós.
Obrigada Nathália. Adooooroooo mesmo selinhos.

PENSE MAGRO - DIA CATORZE

 PENSE MAGRO - DIA CATORZE 
PLANEJE O DIA DE AMANHÃ

 Hoje é o último dia da fase de preparação para o programa. A dieta terá seu primeiro dia amanhã, que para mim será dia 1° de fevereiro, já que amanhã é aniversário de Mamy e aí já viu... Mesmo que a comilança não seja muita foge de tudo que é dieta. Assim amanhã vou preencher meu planejamento .
O planejamento alimentar é essencial para o sucesso da dieta, evitando assim impulsos e alimentações esontâneas que levam aos belisquetes.
 No link a seguir a tabela abaixo está disponível: Planejamento Alimentar





MEU  PLANEJAMENTO  ALIMENTAR  DIÁRIO

DATA ___/_____/______      
LIMITE DIÁRIO DE NOTAS: __________
TOTAL DE NOTAS CONSUMIDAS NO DIA: __________

ALIMENTAÇÃO PLANEJADA FEITA NA VÉSPERA  -  CONFERIR  APÓS COMER                                                                 
REFEIÇÃOALIMENTOSQUANTIDADESNOTAS VERIFICAÇÃO
CAFÉ DA MANHÃ



LANCHE



ALMOÇO



LANCHE



JANTAR



CEIA





ALIMENTAÇÃO NÃO PLANEJADA- PREENCHER ASSIM QUE CONSUMIR

REFEIÇÃOALIMENTOQUANTIDADENOTASVERIFICAÇÃO
CAFÉ DA MANHÃ



LANCHE



ALMOÇO



LANCHE



JANTAR



CEIA




HUHUHHHH!!! Consegui por as tabelas no post. To melhorando....

Tabelas das tarefas dos dias anteriores


Gente ainda não consegui postar uma tabela aqui do jeito que quero, vou continuar tentando descobrir um jeito pra isso, por hora tem esses links que vc pode visualizar as tabelas dos dias anteriores.
bjs

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

PENSE MAGRO - DIA TREZE

PENSE MAGRO - DIA TREZE
SUPERE O DESEJO INCOTROLÁVEL POR COMIDA

Como postei anteriormente, sei quando estou realmente com fome, sei que a FOME passa e volta bem mais tarde. Mas sinceramente não sei o que fazer com o desejo  por coisas como as da imagem abaixo. Esse eu preciso reprograma-ló.

A "lição" de hoje é aprender justamente isso, trabalhar para reduzir esses estados desconfortáveis afastando sua atenção daquilo que está sentindo para se distrair om qualquer outra coisa.

A tarefa básica é fazer uma lista com estratégias que nos distrairão do foco COMER O QUE NÃO ESTÁ NA DIETA. Fiz uma tabela com várias estraégias e do lado numa outra coluna espaço para colocar de 0 a 10 na eficácia de cada estratégia como é sugerido no livro Pense Magro.
As estratégias podem ser :
  • Ler a lista de razões que tenho para emagrecer
  • Ler os cartões de enfrentamento
  • Ler um livro de dieta
  • Consultar sites de dietas e exercícios
  • Telefonar para o técnico de dieta
  • Mandar  um e-mail para uma amiga ou o técnico de dieta
  • Afastar-se da comida
  •  Dar uma caminhada
  • Brincar ou dar banho no cachorro
  • Ouvir um CD
  • Organizar o guarda -roupas (rsrrs lembrei da Muriel, no blog dela tem sugestões no post de hoje para essa atividade)
  • Ir à academia
  • Escovar os dentes
  • Beber algo não calorico como água, chá com adoçante
  • Tomar um banho relaxante 
E por aí a fora. Tudo vale se não te fizer aumentar o peso, mas ao contrário focar outras coisas.
Usamos a alimentação como valvula de escape, aprendemos a fazer isso, então se aprendemos,podemos aprender a fazer diferente.

SELINHOOOOOO !!!!!! ADORO !!!!!


Passei pelo blog da Carine e ela ofereceu a todas que passaram por lá para visita-la.

PENSE MAGRO - DIA DOZE


 PENSE MAGRO - DIA DOZE
PRATIQUE A TOLERÂNCIA Á FOME

 Diferenciar a fome do desejo é fundamental. Controlar o desejo de comer eu acho que mais difícil de que tolerar a fome. Ontem não postei as tarefas do livro, fiquei estudando, lendo, pensando e  lembrei de experiencias que tive de tolerar a fome. É fato. Depois de um certo tempo  ela desaparece, não permanece. Mas a danada da ansiedade, complusão, desejo essa não passa nem com reza braba. Rsrsrt. Assim meu foco  é identificar o que me faz querer comer,que sensações sinto e a hora que isso acontece com mais frequência. Isso é uma continuação do dia onze  e do dia treze  que escrevo a seguir.
Fiz duas tabelas para imprimir, não consegui coloca-las na postagem. Da erro de HTML.
Então ainda preciso aprender como postar isso no blog.
Se alguem souber me de uma dica.

SELINHOOOOOO !!!!!! ADORO !!!!!


AMEIII. Ganhei este selo da Nathália. ( Essa é a regra n° 1)

Ofereço o selo para cinco amigas:
3) Completar as frases:

- Sou poderosa por que?
 Porque mesmo com todas as dificuldades que enfrento, mesmo não emagrecendo como gostaria não DESISTO NUNCA . SOU AFINAL BRASILEIRA.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Pense Magro - REPORTAGEM



PENSE MAGRO



Vou transcrever essa foto para quem não conseguiu ler. 1 - SOBRE A FOME E A VONTADE DE COMER
—> Pensamento Gordo
Quem pensa gordo considera fome qualquer vontadezinha de comer. Pouco depois de uma boa refeição se sente vontade de traçar um sorvete quem pensa gordo não hesita em faze-lo sob a justificativa: “Bateu uma fome de sorvete”.
—-> Pensamento Magro
Na mesma situação quem pensa magro resiste a tentação: ” Gostaria de tomar sorvete, mais acabei de comer” e não come.
2 - SOBRE A TOLERANCIA A FOME E O DESEJO INCONTROLAVEL DE COMER
—-> Pensamento Gordo
Quando sente fome ou tem desejo de alguma comida, quem pensa gordo não aguenta espera pela proxima refeição.
A fome ou o desejo decomer são encarados como emergência. Ele não consegue se desligar. Fica remoendo essas sensações e pensando apenas em comida, ansioso para saber quando poderá comer novamente.
—-> Pensamento Magro
Quem pensa magro consegue desligar. È capaz de driblar a fome ou desejo de comida e esperar pacientemente pela proxima refeição.
3 - SOBRE QUANDO PARAR DE COMER
—-> Pensamento Gordo
Quem pensa gordo não sabe a hora de parar de comer. Sente compulsão por esvaziar o prato, o pacote de salgadinho, o pote de sorvete ou a acaixa de chocolate. Gosta inclusive da sensação de ter comido exageradamente.
—-> Pensamento Magro
Quem pensa magro come até o ponto em que se sent e razoavelmente satisfeito. Ainda que a comida esteja deliciosa e o prato esteja vazio, ele acha melhor cruzar os talhares do que continuar a comer. Duas bolachas foram o soficiente para matar a fome? Pois bem, o magro fecha o pacote e guardo o resto para depois
4 - SOBRE QUANTO COMER
—> Pensamento Gordo
Quem pensa gordo nã presta atenção em quanto come e com isso ilude-se frequentemente a respeito dos tamanhos das porções. É capaz de devorar um pote de sorvete em pé, ao lado da geladeira ou um pacote de batatas fritas enquanto ve televisão.
—> Pensamento magro
Geralmente quem pensa magro tem uma boa idéia de quanto come. Quando exagera automaticamente come menos na próxima refeição.
5 - SOBRE O BEM ESTAR PROPORCIONADO PELA COMIDA
—-> Pensamento Gordo
Diante de um aborrecimento ou tristeza,quem pensa gordo costuma buscr conforto na comida`. É como se o ato de comer tivesse o poder de desviá-lo dos pensamentos negativos ou de aliviar-lhe o sofrimento psiquico. Não se da conta, porém, de que esse bem-estar é passageiro.
—-> Pensamento Magro
Se esta chateado ou triste, quem pensa magro constuma perder a vontade de comer. Jamais recorre á comida para aliviar suas aflições psicologicas.
6 - SOBRE GANHAR PESO
—-> Pensamento Gordo
Ao ver a balança subir (ainda que um pouco só), quem pensa gordo é tomado por sentimentos negativos, como uma profunda sensação de desesperança e desamparo: ” Nunca conseguirei emagrecer” ou “Isso é terrivel”. para compensar essa frustração ataca a geladeira.
—-> Pensamento Magro
Ganhar um pouco de peso representa nenhuma catastrofe para quem pensa magro. Ele acredita que voltara a emagrecer e se mntem firme na dieta. reduz ainda mais a quantidade de calorias ingeridas e aumenta a intensidade dos exercicios físicos.
7 - SOBRE QUANTO AS OUTRAS PESSOAS COMEM
—> Pensamento Gordo
É típico de quem pensa gordo o sentimento de injustiça. Ele nã se conforma com o fato de que outras pessoas possam comer de tudo e na quantidade desejada. Não se da conta no entanto, de que a maioria dos magros tem que se esforçar para manter-se na linha
—-> Pensamento Magro
Quem pensa magro tende a aceitar com resignação as restrições alimentares. Na maioria das vezes, come porções menores do que gostaria e deixa de ingerir determinado tipos de alimentos, mais não faz disso um tormento. Não fica, por exemplo, o tempo todo pensando no bolo de chocolate ou na coxinha que teve que recusar.
8 - SOBRE O FIM DA DIETA
—> Pensamento Gordo
Quando emagrece, quem pensa gordo tende a interromper a dieta e retornar ao antigos hábitos alimentares como se estivesse imunizado contra os quilos em excesso. Obviamente volta a engordar e volta a fazer regime.. É a vida sob o efeito sanfona.
—> Pensamento Magro
Quem pensa magro sabe que o controle alimentar é para sempre. Encara essas restrições com naturalidade e desse modo até se permitir cometer um excesso alimentar uma vez ou outra.



 
O que propõem a Judith Beck!! A dieta da psicóloga não é um regime alimentar e sim um treinamento PSICOLÓGICO Com uma programação Mental adequada defende Judith Beck.Qualquer dieta razoável dá certo.O plano proposto no livro Pense Magro tem seis semanas.Mediante o uso de técnicas de terapia cognitivo-comportamental,a pessoa aprende como desprogramar o cérebro de modo que PENSAR GORDO condicionada aPENSAR MAGRO ela muda seu comportamento alimentar.
Para os casos mais graves de obesidade é recomendado o acompanhamento de uma psicológa cognitivo-comportamental.
O tratamento requer em média dezenove sessões ao longo de 5 meses.
A seguir, algumas estratégicas usadas pela psicóloga:
1- Anotar num cartão que possa ser carregado no bolso ou na bolsa todas as razões pelas quais se quer perder peso. “O cartão de enfrentamento da vontade de emagrecer”
como a psicóloga define essa lista deve ser lido, no mínimo dua vezes por dia, no mesmo horário.
2-monitorar por escrito a alimentação. A pessoa deve confrontar o que foi ingerido com o que foi planejado. Tal medida reforça o comprometimento dela com a dieta.
3- Cultivar o hábito de comer sentado à mesa, sem pressa.
Desa forma a pessoa costuma dar mais atenção ao que ingere - e, assim, come menos. Para que ela se condicione mais facilmente, Judith Beck sugere espalhar avisos pela casa ” sente-se à mesa”. E também indica uma série de medidas, inclusive o uso de cronômetro, para que as refeições sejam feitas lentamente.
4- Escolher um técnico de Dieta alguém a quem possa relatar passo a passo o seu comportamento alimentar. Pode ser um parente,um amigo, ou o terapeuta e os contatos devem acontecer pelo menos uma vez por semana.O técnico de Dieta deve estimular o praticante a manter-se fiel no programa.
5- Monitoramento da sensação de fome! Em outro cartão o de monitoramento da sensação de fome, a pessoa deve classificar a sua sensação de fome de o a 10, antes, durante e imediatamente depois de passados 20 minutos de cada refeição ou lanche.
Com isso ela aprende a resistir ás tentações e deixa de comer por impulso.
6- Aprender a tolerar a fome.
A pessoa escolhe apenas 2 dias pra fazer 2 refeições o café da manhã e o jantar, no intervalo entre elas deve anotar, em diversas situações .O nível de desconforto provocado pela fome, numa escala de 0 a 10 o objetivo é reduzir a ansiedade em relação a fome.
7-Criar o hábito de pesar-se
Pesar -se uma vez por semana e anotar as alterações de peso num gráfico.
8-Comprometer-se a praticar exercicíos físicos regularmente.
9- Desenvolver o costume do auto elogio
Judith Beck incentiva a criação de uma conta de crédito onde a pessoa deposita um moeda sempre que identifica uma atitude posistiva em relação a meta de emagrecer.
10- Treinar a auto punição
A pessoa deve criar cartões do tipo “isso não está certo” para ser lidos e relidos sempre que se flagrar saindo da dieta.

 FONTE :http://www.vencendoacompulsao.com.br/

Amanhã eu escrevo a tarefa do dia 12.

COMPRAS .... ME PRESENTEI - PESO NOVO




Dia difícil, sair para resolver pepinos é fogo na roupa. Mas também teve suas vantagens.
Atualizei meu peso no meu ticket dia 15/01e meu peso era  129 kg.
Hoje fui lá no Extra, sempre me peso na balança da farmácia que tem lá ja que a minha quebrou. SURPRESA... DEU VONTADE DE  GRITAR. Mas me contive, não grite; apenas comprei  uma balança digital nova pra mim,já que emagreci um quilo. Peso Novo 128 kg. Agora posso me pesar em casa pela manhã. Iupiiiiii . Num post passado tinha dito que me presentearia com um novo romance,qdo emagrecesse um quilo, mas ao ver a balança e seu preço em promoção, não resisti e comprei.
Depois fui fazer as compras no mercardo, passei no posto da SPtrans pra fazer o bilhete escolar das crianças, vim pra casa correndo pra contar a novidade. Fiquei tão feliz que resolvi por isso num post exclusivo.  A tarefa de hoje eu posto daqui a pouco.
Olha minha Veredita como li num blog hoje cedo. Gostei do nome, minha balança se chamará VEREDITA.
RSRRSRSR To parecendo criança. Aff . rsrrs

São dez dicas e todas comprovadas cientificamente que ajudam a emagrecer.

Veja dez dicas comprovadas cientificamente que ajudam quem quer perder peso sem passar fome.

Fantástico
Foto: Reprodução / TV Globo
Emagrecer, ficar em forma, não é apenas uma questão de vaidade, é também uma questão de saúde.

Os dados divulgados quinta-feira passada (19) pelo Ministério da Saúde são alarmantes: 43% dos brasileiros que moram nas capitais estão com sobrepeso. Ou seja, gordos.

Consequentemente, o número de mortes por diabetes, doença relacionada à obesidade, aumentou.

Agora vem a boa notícia: pesquisadores na Inglaterra montaram um manual prático e muito simples para emagrecer sem passar fome. São dez dicas e todas comprovadas cientificamente.

Lápis e papel na mão? Então vamos lá!

Todo mundo sabe que tipo de comida engorda e mesmo assim, 400 milhões de pessoas no mundo sofrem de obesidade. Deixou de ser uma questão de vaidade. Virou epidemia.

Pesquisadores britânicos vão mostrar agora o que realmente funciona na hora de perder peso.


Dica 1: nunca pule uma refeição
Ao contrário do que se pensa, pular refeições engorda! E você vai saber por quê.

Michael é jornalista e aceitou participar de uma experiência para mostrar o que acontece no cérebro quando pulamos uma refeição.

No primeiro dia, ele tomou um bom café da manhã e depois fez um exame de ressonância magnética funcional. Dentro do aparelho, mostraram a Michael imagens de legumes e saladas e de comidas bem calóricas, como doces e batatas fritas. Como Michael estava satisfeito, o cérebro dele não deu a menor bola pro que viu.

Na manhã seguinte, o jornalista fez o mesmo exame, só que em jejum. Na hora da salada, uma área do cérebro dele esboçou uma leve reação, mas quando viu doces cheios de açúcar, aqueles que destroem qualquer dieta, a mesma região do cérebro foi à loucura.

Tudo isso é culpa de um hormônio: a grelina. Quando pulamos uma refeição e nosso estomâgo fica vazio, a grelina manda para o cérebro mensagens urgentes do tipo: ’emergência, estamos a zero! Consiga toda a comida que puder‘!

Nosso cérebro então, muito obediente, manda a gente atacar tentações bem calóricas para recompensar nosso "pobre" estômago vazio. Pronto, a dieta foi por água abaixo!

Então, já sabe. Nunca, jamais, em hipótese alguma, pule uma refeição.

E por falar em refeições, vamos para a dica número 2. Tão simples que parece provocação, mas funciona muito bem. Palavra da ciência.

Dica 2: coma em um prato menor.
Se você trocar um prato com 30 centímetros de diâmetro por um de 25 centímetros, você provavelmente vai comer 22% menos. Duvida? Pois um estudo comprova a teoria. Em um cinema dos Estados Unidos, metade da plateia recebeu um pacote normal de pipoca. A outra metade, um pacote gigante. As duas porções eram generosas, tanto é que a maioria das pessoas não deu conta de tudo.

Mesmo assim, quem ficou com os pacotes maiores comeu 45% a mais do que os outros. Eles simplesmente não conseguiram parar de comer mesmo quando ficaram satisfeitos.
Dica 3: conte as calorias
Para tudo o que você gosta de comer ou beber, existe uma versão light. Prefira um cafezinho, que tem só 10 calorias em vez daquele cappuccino, que tem 100. Uma salada com frango grelhado tem 250 calorias. Uma com mussarela de búfala, torradinhas e molho cremoso, sobe pra 450 calorias.

Quer comer pizza? Peça uma fininha, de queijo com tomate e já serão 850 calorias. Agora, se você for chutar o balde com uma pizza de calabresa, serão mais de 1400 calorias. Sem falar na culpa!

Mas o que dizer daqueles gordinhos que estão sempre comendo coisas saudáveis e mesmo assim não emagrecem? Pois é, alguns gordinhos só comem coisas saudáveis e mesmo assim não emagrecem de jeito nenhum.

Debbie, por exemplo, nunca come frituras, massas ou doces e, mesmo assim, está muito acima do peso. Para ela, só tem uma explicação: o metabolismo dela é lento.

Será? Médicos avaliaram o índice metabólico de Debbie, ou seja, quantas calorias o organismo dela queima para se manter vivo. Quarenta minutos depois de fazer um teste permanecendo deitada, veio a surpresa. O metabolismo de Debbie é absolutamente normal. Então por que ela não emagrece? Cientistas decidiram investigar o caso da atriz.

Durante cinco dias, Debbie se dispôs a fazer um diário de tudo o que come e vai ter que tomar todo os dias um líquido que permite medir quantas calorias Debbie comeu e quantas queimou. Sai tudo no xixi.

A atriz prometeu contar tudo o que comia, tim-tim por tim-tim. Com uma câmera de video, Debbie relatou comer pouco mais de mil calorias por dia. Só que os exames de urina deram um resultado bem diferente: três mil calorias diárias! Debbie simplesmente esqueceu de contar dois terços do que comeu.

E isso não é coisa de gordinho, não! Estudos mostram que todo mundo esquece metade do que de fato come.

Então, vamos à próxima dica:

Dica 4: pare de culpar seu metabolismo e preste muita atenção no que você está comendo!
Uma salada de frutas grande, por exemplo, é supersaudável, mas tem caloria à beça.

Agora, vamos aprender a usar o metabolismo a nosso favor!

Dica 5: capriche na proteína
Carnes magras, feijão, ovos e peixes dão uma sensação maior de saciedade. Bastam 10% a mais proteína no seu café da manhã e você vai comer menos no almoço.

Especialistas em nutrição fizeram um teste com três operários de tipos físicos e metabolismos semelhantes. Antes do trabalho, cada um tomou um café da manhã com o mesmo número de calorias, mas muito diferentes.

Mick comeu mais carboidratos, nutrientes que estão nos pães, massas e batatas. Já o café da manhã de Willy tinha mais gordura. E o de Charlie, mais proteína, como ovos e presunto magro.

Quatro horas depois, eles almoçaram. Chalie, que comeu mais proteínas, quase não sentiu fome. Comeu muito menos do que os colegas.

Isso acontece porque, de todos os nutrientes, a proteína é a que mais libera um hormônio precioso para quem quer emagrecer. O hormônio da saciedade.

Dica 6: aposte nas sopas
A dica número seis prova que existe um outro jeito bem simples de seguir com sua dieta sem morrer de fome: sopa!

Pesquisadores fizeram um teste revelador com duas equipes de recrutas do Exército inglês. A equipe amarela comeu no almoço uma boa porção de frango, legumes e arroz, com um copo de água para acompanhar. A equipe vermelha comeu exatamente a mesma coisa, mas tudo batido no liquidificador. Uma sopa bem consistente.

Depois do almoço, o volume de comida no estômago dos recrutas foi medido com um aparelho de ultrassom. Duas horas depois, os recrutas que almoçaram o frango sólido tinham bem menos comida no estômago e começavam a sentir fome. Já a equipe vermelha, que tomou sopa, ainda estava de barriga cheia.

Isso acontece porque, quando comemos alimentos sólidos acompanhados de líquidos, como água ou sucos, esses líquidos logo seguem pelo sistema digestivo, e o volume no estômago fica menor. Por isso, a comida é processada mais rapidamente pelo organismo. Já uma sopa bem grossa, batida, demora mais para ser digerida. Você fica satisfeito por muito mais tempo. Então, aposte nas sopas!

Dica 7: evite comer de tudo um pouco, faça escolhas
Pastilhas de chocolate coloridas, por exemplo, fazem muito mais sucesso do que as de uma cor só. Quando estamos em um restaurante a quilo, o excesso de opções é uma tentação, e acabamos exagerando um pouquinho.

Estudos mostram que, quando a oferta é grande, chegamos a comer 30% a mais. Então, já sabe: variedade exagerada é inimiga da dieta.

Dica 8: laticínios podem ajudar você a eliminar gordura
Agora, os amigos da dieta! A gordura e o cálcio são, então, eliminados nas fezes. Novas pesquisas mostram que o cálcio que está nos queijos, iogurtes e leite cola nas moléculas de gordura presentes no que acabamos de comer. A combinação vira uma espécie de sabão, que o intestino delgado não consegue absorver. Essa gordura segue, então, seu caminho e vai parar no vaso sanitário.

Mas se você quer mesmo emagrecer, esqueça os queijos gordurosos. Estamos falando de leite, coalhada e iogurte desnatados e queijos magros, como a ricota e o queijo minas.

Dica 9: você pode queimar gordura dormindo.
Essa dica é animadora. Mas antes de ir correndo pra cama, saiba que isso só vai acontecer se você fizer algum tipo de exercício. O jornalista inglês Michael Mosley duvida que isso seja verdade, mas aceitou fazer um teste. Encarou a esteira em ritmo moderado. Andou nove quilômetros em uma hora e meia.

Quase morreu de cansaço. E de decepção, quando soube do resultado. Analisando o ar exalado por Michael, o pesquisador descobriu que ele tinha queimado menos de 20 gramas de gordura.

No dia seguinte, Michael voltou ao laboratório para uma segunda bateria de testes, desta vez, em repouso. E então veio a grande surpresa. Depois dos exercícios, durante o sono, o organismo de Michael eliminou outros 49 gramas de gordura, mais do que o dobro da gordura perdida na esteira.

Isso acontece porque o corpo usa diferentes combustíveis para obter energia: carboidratos e gordura. Durante os exercícios, nossos músculos geralmente preferem usar os carboidratos, porque são mais fáceis de queimar.

Então, quando terminamos de malhar, nosso estoque de carboidratos está quase zerado. Isso força o organismo a buscar outra fonte de energia dentro do corpo: gordura. Mas isso, só se você praticar exercícios regularmente e suar bastante com eles.

Se você é daqueles que jamais vai entrar em uma academia, a dica numero dez é para você.

Dica 10: faça ginástica do instante
Amy é locutora de rádio. A maior ginástica que ela faz é levantamento de agulha de crochê. Amy fica quase o dia inteiro sentada. Faz alguma coisa na cozinha e vai para o trabalho de metrô. Exercício? Segunda que vem, sem falta! Sempre segunda que vem.

Amy aceitou fazer um novo tipo de exercício: a "ginástica do instante". Funciona assim: no instante em que atende o celular, em vez de ficar sentada, Amy levanta e anda para lá e para cá. Quando está arrumando a casa, a todo instante Amy sobe e desce as escadas. No instante em que acaba de almoçar, em vez de bater papo sentada, ela vai tagarelando com o amigo num passeio pelo bairro. E no momento de pegar o ônibus ou o metrô, Amy desce uma estação antes ou depois, só para andar um pouquinho mais. Não fica parada na escada rolante e nem mesmo na hora de falar com seus ouvintes.

Resultado: com essas pequenas mudanças, Amy passou a queimar 240 calorias a mais por dia. Se fizesse assim durante um ano todo, perderia até 12 quilos.

Aproveite as dicas! Sua saúde agradece!
Fonte Site do Fantástico

SELINHOOOOOO !!!!!! ADORO !!!!!


Este selinho eu ganhei da Nathália, ameiiiiii. OBRIGADA!!!!!!
Regras:
  1. Oferecer para cinco amigas:
a) Ju emagrecendo,
b)Muriel,
c)Patty ,
d)Andrea Aoki ,
e)Noivinha Lu

2. Responda: Qual seu consumo diário de água?
Eu bebo qdo não trabalho entre 1 litro e meio a 2. Qdo estou trabalhando chega a 3 litros por dia. Minhas amigas dizem que sou uma caixa d'água.Rsrssrsrr

PENSE MAGRO - DIA ONZE




PENSE MAGRO- DIA ONZE 
DIFERENCIE FOME, VONTADE E DESEJO INCONTROLÁVEL DE COMER

O capítulo de hoje do livro fala sobre diferenciar fome, vontade e desejo incontrolável de comer.
Reconhecer:
  • A fome ( o vazio no estomâgo fequentemente acompanhada por ruídos. Isso é fome).
  • A vontade (comemos uma boa refeição e ainda quis comer mais. Isso é vontade).
  • O desejo (aquela urgência muito forte de comer, acompanhada de tensão, desagradável sensação na boca, gargante e corpo. Isso é desejo).
A autora sogere fazer um cartão de monitoramento da Fome

Uma tabela com os itens  O QUE SINTO NO ESTÔMAGO  e a FORÇA DA FOME 0 a 10 nos seguintes horários:
  • Antes do café da manhã
  • No meio do café da manhã
  • Imediatamente após o  café da manhã
  • 20 minutos após o café da manhã
  • Antes do almoço
  • No meio do almoço
  • Imediatamente após o almoço
  • 20 minutos após o almoço
  • Antes do jantar
  • No meio do jantar
  • Imediantamente após o jantar
  • 20 minutos após o jantar
Também pode ser feita uma tabela ou  como o cartão de horario - colocando as horas numa coluna , sensações (o que sinto no estômago)e Classificação (fome, vontade, desejo).
Não decidi qual dos dois modelos vou fazer.

 Avaliando estes onze dias:
  • Fiz todos os cartões de enfrentamentos;
  • Sento para comer todas as refeições;
  • Escolhi as duas dietas e o técnico de dieta
  • Escolhi o programa de exercícios
  • Organizei o ambiente
  • Tenho procurado me elogiar nas pequenas conquistas
  • Não consigo ler todos os cartões nos horários estipulados
  • Não consigo comer devagar
  • Não consigo fazer o programa de exercícios - tenho sentido muito sono- quero aproveitar a ultima semana de férias e resolvi que começo os exercícios qdo começar a trabalhar
  • Quanto a RA depois da viagem, vou fazer as compras amanhã e devo começar de verdade tb em fevereiro.
Diante desta avaliação talvez eu vá um pouco mais devagar, talvez eu precise vivenciar estes passos com maior ênfase para me sentir segura. Ultimamente ando me sentindo meu com medo, perdida , vergonha e muito receio de falhar mais uma vez. Passando um atestado de incompetencia. Sei que não devo pensar assim, mas tem hora que não dá.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

PENSE MAGRO- DIA DEZ



PENSE MAGRO - DIA  DEZ
ESTABELEÇA METAS REALISTAS

Ao iniciar uma dieta, é natural que estejamos animados, cheios de gás, entretanto, na hora que as dificuldades aparecem a empolgação pode se transformar em sensação de sobrecarga e desânimo. Por isso a autora sugere metas menores como ao invés de perseguir o emagrecimento de 68 kg como eu . Perseguir um emagrecimento de 450 gramas a 900 gramas por etapa ou de cada vez. É importante também definir um cronograma de etapas.
Também estabelecer elogios ou mimos para cada meta alcançada, que não esteja vinculada a comida.
E vou contar sobrecarga é o que não vai me faltar vou ter que levantar uma hora mais cedo istoé as 5 da manhã e ir dormir uma hora mais tarde isto é as 23 horas durante a semana e também levantar as 8 horas nos fins de semana-- nada mais de dormir até as 10, 11 horas.



CARTÃO DE HORÁRIOS

DIAS DE SEMANA- Segunda a Sexta


05:00 Levantar, tomar café da manhã – comer sentada e bem devagar;
05:20 Arrumar a bolsa de refeições;
05:40 Arrumar o material para o dia (academia, aula e ler o livro de tarefas para a dieta);
06:00 Tomar banho, vestir-me;
06:20 Sair para ir trabalhar;
07:00 Trabalho;
08:00 Trabalho
09:00 Trabalho
09:30 Lanche
10:00 Trabalho
11:00 Trabalho
11:30 Academia
12:00Academia
12:30 Pagar contas, resolver pendências,
13:00 Almoço – comer sentada e bem devagar
13:30 Trabalho
14:00 Trabalho
15:00 Trabalho
15:30 Lanche
16:00 Trabalho
17:00 Trabalho
18:30 Lanche/Jantar – comer sentada e bem devagar
19:00  Trabalho
20:00 Trabalho
21:00 Preparar o jantar
22:00 Ler a lista de tarefas do dia, postar no blog
22:30 Ceia; Dormir

 Quando eu emagrecer mais um quilo, vou comprar um romance de presente. Adoro ler.
No item academia está subentendido as caminhadas, o treino do DVD e mais pra frente musculação na academia.

domingo, 24 de janeiro de 2010

PENSE MAGRO - DIA NOVE




                
DIA NOVE - ESCOLHA UM PLANO DE EXERCÍCIOS

A autora sugere que trabalhemos pelo menos 30 minutos, três vezes por semana e exercitemos diariamente em períodos curtos.

O exercício pode :
  • Ajudar  a aderir a dieta;
  • Ajudar a controlar o apetite ( COMO PRECISO FAZER ISSO!!!);
  • Melhorar o humor e aliviar o estresse;
  • Queima calorias;
  • Preserva o tecido muscular;
  • Promove a autoconfiança;
  • Me fazer sentir -me melhor fisicamente;
  • Melhora a saúde  e ajuda a evitar doenças.
Assim meu plano será realizar os exercícios do DVD da Boa Forma com Solange Frazão.
O DVD, que vem junto com uma  revista, apresenta uma aula de ginástica completa para fazer em casa de cerca de 60 minutos. Tenho a opção de selecionar o tipo de série que desejo fazer: bumbum, barriga, pernas, peito, braços e costas, além de alongamento, ou posso fazer a sequência inteira. Já a revista tem como destaque uma série de musculação, uma aula de power fight (aula que une artes marciais e ginástica), um treino de abdominal com bola.

 E caminhar todos os dias. A quantidade de tempo aumentarei gradativamente, afinal faz muuuuuiiiittttoooo tempo  que não faço atividades físicas.

Nesta semana será na rua mesmo. A partir da semana que vem volto a trabalhar então vou procurar uma academia.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

DIA OITO - ARRUME TEMPO E ENERGIA

SEMANA 2

DIA OITO - TEMPO E ENERGIA
Fazer dieta exige um compromisso que vai além de comer de forma diferente.
Precisamos:
  • Planejar as refeições para a R.A. ;
  • Comprar os alimentos necessários;
  • Preparar as refeições;
  • Sentar e comer minhas refeições lentamente;
  • Fazer pelo menos 30 minutos de exercícios físicos pelo menos três vezes por semana;
  • Completar e conferir a sua lista das tarefas do dia.
Talvez seja necessário encontrar mais tempo, reduzir minhas atividades. 

No livro de tarefas existem dois formulários. Scaniei o modelo preenchido pela autora.
 
Cartão de Horário - (modelo do livro)


Cartão de Prioridades:





Meu planejamento vou fazer na agenda mesmo tendo anotações  no caderno e na pasta que montei.

DIA SETE - ORGANIZE O AMBIENTE


DIA SETE - ORGANIZE  O AMBIENTE


É difícil sair da dieta quando existem alimentos saborosos, facilmente acessíveis na cozinha ou no trabalho. Aquele  chocolate inocente, rrsrsrsr, aquela balinha pequena, rsrrsr tudo isso pode acabar atrapalhando a nossa dieta e a determinação de emagrecer.
Preparar  minha casa e meu ambiente de trabalho, colocando alimentos tentadores onde não pssa vê-los com facilidade e todos os alimentos permitidos pela minha dieta, totalmente à vista. Isso com certeza não vai ser fácil.
Será outro grande desafio como o de comer devagar e conscientemente.
Vou ler também o cartão de enfrentamento :
 DIGA NÃO PARA ALIMENTOS EXTRAS
Devo me afastar de alimentos extras. Eles serão desperdiçados no lixo ou em meu corpo. De qualquer maneira serão disperdiçados.

PENSE MAGRO - DIA SEIS


PENSE MAGRO - DIA SEIS 
ENCONTRE UM TÉCNICO DE DIETA


POUCAS PESSOAS CONSEGUIRAM EMAGRECER E MANTER O PESO CONQUISTADO SEM A AJUDA E O INCENTIVO DE ALGUÉM!!


Precisamos encontrar alguém de confiança de quem eu goste e de quem possa depender. 
Meu técnico poderá :
  • Me manter motivado;
  • Construir minha autoconfiança;
  • Ajudar a solucuionar problemas;
  • Ajudar a manter a responsabilidade: saber que terei de falar com alguém sobre o meu programa pode me motivar a não desviar do planejamento ou desisitir. Segundo a autora ESTE É UM COMPONENTE CRUCIAL DO PROGRAMA.
  • Ajudar a ter uma perspectiva funcional.
O contato com o técnico será semanal para falar sobre mudança de peso , sucessos da última semana, relatar a lista de tarefas do dia, dificuldades e peça a ajuda de seu tecnico para que o ajude a encontrar formas de lidar com retrocessos (eu gostei dessa palavra é muito melhor que fracasso)  e desafios futuros .Relate seus pensamentos sabotadores e peça para que ele o ajude a responde-los.

Comunique-se  com ele em momentos  críticos como situaçoes de alto -risco como festas ou qdo vc se desviar da dieta discutindo o que fará  para manter ou voltar ao rumo.

Telefone ou mande e-mail, diariamente: se estiver com dificuldades para seguir seu planejamento diário de limentos ou tarefas.

Assim sendo vou ter vcs no blog como técnico da dieta e uma grande amiga, já falei como ela e tudo certo.

PENSE MAGRO - DIA CINCO



PENSE MAGRO - DIA CINCO 
ALIMENTE-SE DEVAGAR E CONSCIENTEMENTE

Como falei no último post,(este eu estava em Peruíbe e lá eu  não tinha net ), qdo voltasse pra Sampa eu colocaria o atraso em dia. Bom vou publicar o que fiz estes dias para atualizar o blog.

Existe duas razões benefícas sobre a importância de comer devagar e conscientemente:
  • Qdo você come devagar seu cerebro tem tempo para registrar que você está satisfeito;
  • Qdo você percebe e aprecia cada porção de comida, você se sente mais satisfeito depois de comer.
Pesquisas mostram que pessoas que comem devagar, de fato, COMEM MENOS QUANDO COMEM DEVAGAR.

Como desacelerar:
  • Modificar alguma coisa em seu ambiente de refeição: vou mudar o tamanho dos pratos ( de fundo para raso);
  • Ajustar um cronômetro para soar de três em três minutos para descansar os talheres: não vou usar esta estratégia agora, vou comer devagar contando até 40 e enquanto mastigo descanso os talheres;
  • Tome goles de água depois de algumas porções: beber entre as garfadas ajuda a comer devagar;
  • Prestar atenção nas mudanças de seu organismo: procure sinais de que  está começando a ficar satisfeito, tomando consciência das  sensações do  seu corpo;
  • Olhar para o relógio: anotar no caderno de dieta  qto tempo levou para fazer a refeição. A cada refeição, tente comer devagar e prolongar um pouco mais seu tempo de duração.
Como perceber o que estou comendo:
  • Procurar fazer refeições em uma atmosfera relaxada;
  • Foque o alimento.
Na sessão dos pensamentos sabotadores a autora retrata os seguintes:
  1. Eu como muito depressa . Sou assim mesmo. SABOTAGEM. COMER DEPRESA  PROVAVELMENTE  CONTRIBUIU  PARA QUE EU ENGORDASSE. NÃO POSSO TER TUDO. NÃO POSSO COMER RAPIDAMENTE E MESMO ASSIM EMAGRECER E NÃO ENGORDAR DE NOVO. EMBORA COMER MAIS DEVAGAR  DEMANDE ESFORÇOS E NÃO PAREÇA NATURAL NO PRINCIPIO, IREI ME ACOSTUMAR E ENTÃO NÃO TERIE MAIS QUE PENSAR SOBRE ISSO.
  2. Eu realmente não tenho tempo de comer devagar. SABOTAGEM.  EU TENHO QUE REORGANIZAR MEUS HORÁRIOS E ARRANJAR TEMPO. SE U PRECISASSE ARRUMAR TEMPO PARA ME SUBMETER, TRÊS VEZES POR DIA A UM TRATAMENTO MÉ DICO QUE SALVARIA MINHA VIDA, EU ENCOTRARIA ESSE TEMPO DE QUALQUER MANEIRA. NÃO ESTOU DANDO PARA MINHA DIETA PRIORIDADE SUFICIENITE.
QUANDO EU TIVER VONTADE DE COMER DEPRESSA , IREI  LER O CARTÃO DE ENFRENTAMENTO " CUSTE O QUE CUSTAR".

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

PENSE MAGRO - DIA QUATRO


De Blog da DEIA - VIVER LIGHT

 Pense Magro- Dia Quatro: Elogie-se

A autora do Livro Pense Magro diz que a 4ª tarefa é nos elogiar-mos, somo sempre pessoas com uma auto - critica acirrada, conseguimos ser condencendentes com outros, porém consigo próprio isto é praticamente impossível.
Fiz um cartão de enfrentamento escrito assim:

NÃO SOU PERFEITA, BUSCO A PERFEIÇÃO E SÃO NAS PEQUENAS VITÓRIAS QUE CONSEGUIMOS NOS APRIMORAR. PRECISO ME ELOGIAR POR CADA PASSO OU POR CADA TENTATIVA.
 Galera estou em Peruíbe, dei uma fugida de Sampa antes que as férias acabem. Na medida do possível vou acompamhar e postar daqui. Mas creiam sábado estou de volta em casa e tudo o que tiver atrasado eu posto.

Não consegui publicar este post ontem. Deu pau na conexão discada !!!! RSsrsrsr ai já viu...
e agora eu estou numa Lan House.... Viva as lans.
Estou seguindo uma alimentação mais próxima do saudavel, na medida do possível aqui na praia. Lendo o cartão de enfrentamento . Não resisti a tudo, mas reduzi muito em vista do que era. Acabo porvando um pouco de tudo, antes eu comia mesmoooo tudo que desse. Isso já é progresso pra mim.

sábado, 16 de janeiro de 2010

PENSE MAGRO - DIA TRÊS



SENTE-SE PARA COMER

A autora de Pense Magro: a dieta definitiva de Beck diz que:

  • Preciso prestar atenção no que estou comendo  para não me enganar dizendo que quero mais  qdo estiver terminado de comer o que poderia.
  • Pelo fatode ter diminuído a quantidade de alimentos consumidos, é omkportante espalhá-los  à sua frente para que você fique visualmente mais satisfeito. Quanto menos alimentos eu visualizar, mais privação irá sentir.
  • Sentir o gosto, mstigar e engolir alimentos me dá um certo grau de satisfação, mas também preciso estar visualmente satisfeito. É mecessário extrair o máximo de cada pedaço de alimento, diz Judith.
No livro Beck ressalta alguns pensamentos  sabotadores para não sentar. Me identifiquei muito com esse que transcrevo abaixo:
PENSAMENTO SABOTADOR: Eu não tenho tempo de sentar para comer!  PENSAMENTO ADAPTATIVO: Sentar não éopcional. Terei que reorganizar meus horários para ter tempo. Isso é fundamental para controlar oq ue e quanto eu como!!!!
 Comprometo-me a sentar todas as vezes que eu tiver vontade de comer. Ler o cartão de enfrentamento duas vezes por dia (antes do almoço e por volta das 16 horas - horário que a ansiedade ataca com mais frequência).
Criei um cartão de enfrentamento para me incentivar a sentar sempre que comer.

PENSE MAGRO - DIA DOIS







PENSE MAGRO - DIA DOIS : Escolher duas DIETAS RAZOÁVEIS

Todas as dietas nos capacitam para o emagrecimento obedecendo ao mesmo princípio - fazendo -nos comer menos calorias - escreve Judith S. Beck no livro Pense Magro. Ainda ressalta que devemos escolher uma dieta que permita comer uma vairedade razoável de alimentos.  Posso emagrecer mesmo que a dieta não seja nutritiva, mas meu corpo pode se rebelar - e assim eu engordo tudo de novo.

Dra. Beck diz devemos escolher uma dieta que inclua alimentos de nosso gosto e de fácil preparo, flexível. Quando aceitar o fato de que prediso ter uma programação alimentar saudável para minha vida, fazer dieta será mais fácil.Também é necessário ficar atenta aos pensamentos sabotadores. Ao lado tenho uma cópia de como posso mudar esses pensamentos, sugeridos no livro de tarefas.




















Com todos os esclarecimentos que tive no livro resolvi queescolher como principal a DIETA NOTA 10 e como secundária a DIETA DOS PONTOS.
O pensamento das pessoas que faze dieta para emagrecer podem ser sabotadores, impedindo -me de resistir a qualquer gatilho para comer.
 Gatilhos podem ser:
  • Biológicos: vazio no estomâgo, sede ,desejos influenciados pelos hormônios ou outros processos biológicos;
  • Ambientais: visão ou cheio de alimentos, programas culinários , comerciais, ...
  • Mentais: pensamentos obre comida , sobre comer algo delicioso que eu já exprimentei...
  • Emocionais: (olha euzinha ai) tensão, ansiedade, tristeza, solidão, aborrecimentos e outras emoções negativas; também emoções positivas como felicidade e excitação
  • sociais: serincentivado a comoer ou estar com pessoas que estejam comento.



























Para ajudar a vencer os quilos a mais na balançatambém devo :
  1. LER  TODOS OS DIAS EM HORÁRIOS PLANEJADOS MEU CARTÃO DE ENFRENTAMENTO DAS VANTAGENS;
  2. SEMPRE QUE ESTIVER LUTANDO CONTRA DESEJOS INCONTROLÁVEIS DE COMER, TENTAÇÕES OU PENSAMENTOS SABOTADORES LER O CARTÃO DE ENTRENTAMENTO;
  3. CRIAR UM SISTEMA DE LEMBRENTES PARA QUE A LEITURA DO CARTÃO DE ENFRENTAMENTO SEJA UM HÁBITO.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

PENSE MAGRO - DIA UM

     
     PENSE MAGRO

    DIA UM!
  • A primeira tarefa do programa é fazer uma lista com esse título: POR QUE EU QUERO EMAGRECER?, nesta lista vamos escrever todos os motivos que me levam a querer atingir o objetivo emagrecer.
  • Após fazer a lista, devemos classificar quanto a imprtância de cada motivo (a autora chama de Vantagem )em Muito Importante, Importante ou Pouco Importante para você.
  • Então devemos fazer cartões com as razões para emagrecer. Eu fiz o cartão por categoria!
  • Definir dois horários diários para você ler este ou estes cartões de vantagens para emagrecer.
  • Espalhar cópias da lista e dos cartões em vários lugares para você ler;
  • Espalhar lembretes em diferentes locais para que você não se esqueça de ler a lista 2 x por dia. Esta tarefa acontecerá todos os dias e nos preparará para conseguir vencer os impulsos, pensamentos sabotadores de nossas metas.

Além disso devemos nos comprometer por escrito que Vou ler o meu Cartão de Enfrentamento das Vantagens de Emagrecer nos seguintes momentos: __________________________________________

"Quando eu lembrar continuamente de todas as razões pelas quais quero emagrecer, fazer dieta será mais fácil."

Minha lista de Vantagens ficará postada ao lado.

PENSE MAGRO - início do livro



Os primeiros quatro capítulos explicam sobre a Terapia Cognitiva e os seus principios usados neste livro.
Do que li e diga -se de passagem me chamou a atenção foram os itens abaixo:

Para emagrecer e não voltar a engordar é importante:

  • Precisamos escolher uma dieta nutritiva;
  • Arrumar tempo e energia para fazer a dieta;
  • Planejar o que e quando comer;
  • Procurar apoio;
  • Lidar com a decepção;
  • VER O ATO DE COMER EXAGERADAMENTE com um problema temporário que você pode resolver;
  • Saber lidar com a fome e do desejo incotrolável de comer;
  • Eliminar o ato de comer pelo fator emocional;
  • Elogiar a si mesmo.
Apenas devemos fazer o necessário, um dia de cada vez!!! A dieta definitiva de Beck tem por objetivo me levar a um processo de mudar meus pensamentos sabotadores (que fazem eu me afastar da dieta) para pensamentos adaptativos (que o conduzirão ao sucesso).

Os pensamentos sabotadores incentivam -me a comer, minam minha autoconfiança, aumentam o meu nível geral de estresse e de quebra (srsrs) autorizam eu a desconsiderar os conselhos do livro. Identificando os estímulos que provocam os pensamentos sabodatores e o que levam a comer de maneira inadequada, eu posso minimizar minha exposição a eles ou mudar a forma de enfrentá-los.

Além da fome existem outras sensações que preciso conhecer para tomar decisões certas sobre a alimentação.
Fome: Você experimenta uma sensação de vazio no estômago que frequentemente é acompanhada de ruídos.
Sede: você esperiementa uma sensação de secura na boca que o impele a tomar líquidos.
Desejo: você quer comer porque está influenciado por outros estímulos, mesmo que tenha recém comido.
Desejo Incontrolável: você sente a urgência de comer um tipo específico de alimento, acompanhada de tensão e uma sensaçõa desagradavel na boca, na garganta ou no corpo.

POR ISSO PRECISO APRENDER A DIFERENCIAR A FOME DA VONTADE DE COMER!

Quando eu conseguir identificar os gatilhos que me levam a comer "automaticamente", ficará mais fácil de fazer minha R.A. emagrecer e não engordar mais mantendo o peso.

Pense Magro - A dieta definitiva de Beck (postagens republicada)



O SONHO DE TODO MUNDO
Você nem precisa ser uma gordinha à la Botero para pensar em ter as formas de uma mulher de Modigliani...
Você está pensando em internar-se num spa de emagrecimento?
Então tenha duas certezas: sim, você eliminará alguns quilos de sua silhueta. E, sim, você engordará tudo (ou quase) de novo depois de voltar à rotina diária. Spas são ilhas da fantasia: zero de stress, refeições em porções controladíssimas, prescritas por nutricionistas, e uma intensa programação de atividade física.
Entre a lembrança de um bombom e a saudade do pudim da mamãe, há a opção da massagem relaxante, do ofurô ou da conversa catártica com o gordinho ao lado, que, assim como você, sua frio ao pensar numa torta de morango.
No mundo real, tudo conspira a favor do excesso de comida e do sedentarismo. É o fast-food na hora do almoço, o biscoitinho na mesa do colega de trabalho, a geladeira pronta para ser assaltada, o sofá aconchegante com a televisãozona na frente.
Como resistir? Você já tentou... pensar? Não, não se ofenda. É claro que você pensa, e às vezes até em aspectos filosóficos da vida. Mas será que você pensa certo no que se refere às suas formas? Ou melhor, será que você não está "pensando gordo" em vez de "pensar magro"?
Pensar magro (vamos abolir as aspas como um excesso adiposo) significa, basicamente, reprogramar seu cérebro para que ele passe a dominar a fome ou a simples gulodice até o ponto em que você possa ignorar um prato de coxinhas da mesma maneira que despreza aquele ex-amigo fofoqueiro. Reprogramar o cérebro não implica tomar choques elétricos ou aderir ao zen-budismo. Requer enfrentar frituras, salgadinhos, doces e refrigerantes sem subterfúgios – e, espera-se, com alguma altivez. Nada de tentar cancelar-lhes a existência, porque, afinal de contas, o mundo não é um spa. A resistência mental definitiva é o que prega a terapia cognitivo-comportamental (TCC), hoje considerada o tratamento de primeira linha contra o excesso de peso. "Quanto mais resistirmos aos desejos de comida, menos freqüentes eles se tornarão", disse a VEJA a psicóloga americana Judith Beck, autora do livro Pense Magro – A Dieta Definitiva de Beck, recém-lançado no Brasil pela editora Artmed.

O objetivo da TCC é, por meio da combinação de confronto e resistência, "desligar" os comandos cerebrais que acionam os pensamentos distorcidos – no caso, aqueles que levam as pessoas a empanturrar-se. De fato, na maioria das vezes, as pessoas que pensam gordo o fazem por causa de uma associação meramente subjetiva entre comida e determinados sentimentos. Há as que comem porque estão felizes e as que comem porque estão infelizes (ou ambos). Existem as que se empanzinam porque estão numa festa e vêem os outros comendo e as que se empacham porque estão completamente sozinhas (ou ambos)... Desconectar apetite e situação, eis a chave da terapia cognitivo-comportamental.
O programa proposto por Judith Beck estabelece seis semanas – mais precisamente 42 dias – de exercícios práticos para desprogramar o cérebro da vontade injustificável de comer.
Você confunde fome com gula? Um dos exercícios ajuda o pensador gordo a diferenciar uma da outra. Você mal acaba o almoço e já imagina como será o jantar? Judith ensina a fazer como os magros – que só pensam em comida no horário da refeição.
Judith é filha do psiquiatra Aaron Beck, fundador, nos anos 60, da terapia cognitivo-comportamental. Na visão dos adeptos desse método, grande parte dos distúrbios psíquicos, como a depressão, a ansiedade e as fobias, deve-se a interpretações errôneas do mundo concreto. Assim, o substrato da TCC é a exposição da pessoa à realidade que a afeta, de modo a levá-la a reagir proporcionalmente a ela.
Por ser um programa de treinamento psicológico, o livro Pense Magro é um manual sobre dieta sem nenhuma receita alimentar. Sua autora não recomenda nem condena nenhum alimento. Ela preconiza que, com uma programação mental adequada, qualquer dieta razoável dá certo – permanentemente. A psicóloga começou a utilizar o método para o controle de peso há vinte anos, em pacientes psiquiátricos que engordavam por causa dos efeitos colaterais de medicamentos. Embora a ansiedade integre a personalidade de quase todos os gulosos, a terapia cognitivo-comportamental, ao contrário da psicanálise, não sai em busca dos motivos que levam uma pessoa a afogar as mágoas numa travessa de espaguete. Simplesmente ensina como anular os pensamentos engordativos.
"Eu era do tipo que sempre fazia uma pausa para beliscar. Tudo era motivo para parar o que eu estava fazendo e ir atrás de um lanchinho", conta a carioca Ialda Costa de Farias. Há cerca de quatro anos, ela mudou a sua relação com a comida.
Por meio da TCC, conseguiu regular suas escolhas, antes marcadas pela compulsão. Agora, sua palavra de ordem é planejamento. Ela sabe exatamente o que e quanto vai comer ao longo do dia e, obedecendo aos ditames da terapia, anota minuciosamente todas as suas refeições, inclusive as escapadelas. Perdeu 31 quilos desde então e não os incorporou mais. "Só de saber que terá de anotar os erros e os excessos alimentares cometidos, a pessoa já pensa duas vezes antes de comer exageradamente", diz o endocrinologista Walmir Coutinho, vice-presidente da Associação Internacional para o Estudo da Obesidade.
Driblar a compulsão por comida é tarefa das mais difíceis. Para se ter uma idéia do seu grau de complexidade, a linha mais recente de pesquisas sobre os mecanismos da obesidade a compara ao vício, por envolver o sistema cerebral de recompensa. "Em obesos, o metabolismo cerebral é muito semelhante ao dos viciados em drogas", diz Ivan de Araújo, neurofisiologista e pesquisador da Escola de Medicina da Universidade Yale, nos Estados Unidos. No cérebro dos gordos, por uma deficiência na atividade do neurotransmissor dopamina, o grau de recompensa gerado pela ingestão de alimentos é menor que no dos magros. Para se sentirem satisfeitos, portanto, eles precisam comer mais. É provável que novos estudos mostrem que o recondicionamento para pensar magro transforma a química cerebral.
Não há nada de mágico nisso – errou quem fez associações entre o livro de Judith e O Segredo, da australiana Rhonda Byrne, a auto-ajuda que requenta a lengalenga de que o "pensamento positivo" opera milagres. Pensar magro demanda empenho e disciplina. Envolve cultivar melhor as emoções e adquirir novos comportamentos. A perda de peso não é da noite para o dia. Em situações mais difíceis, para prevenir as recaídas, seguir o manual não é suficiente. Torna-se necessário recorrer a um especialista. "Na luta contra o excesso de peso, não existe bala de prata", diz Mônica Duchesne, terapeuta cognitivo-comportamental e coordenadora do grupo de obesidade e transtornos alimentares da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Existe trabalho. Vá à luta.
VEJA também na reportagem do dia 15/08/2008 da Veja:
http://veja.abril.com.br/151008/popup_saude4.html

Que venha 2010



 Demorei um tantão pra voltar ao blog, tantas coisas aconteceram, fiquei primeiro sem tempo pra mim mesma(pra variar é claro), depois desanimiada( sempre fico depre por não conseguir ter um tempo organizado pra tudo) porque mais uma vez deixe-me pelos outros (entenda-se outros: marido, filhos e familiares). Foi um tempo de correria total( fechamento de notas na escola, aniversário de 70 anos da minha sogra- fiquei responsavel pela decoração, bolo, doces e lembrancinhas - festas de fim de ano, aniversário do papy e da maninha).
Em busca de uma motivação maior, resolvir mudar até a aparência do meu BLOG. Uma nova roupagem . Assim como meu blog tenho buscado diariamente também ser uma nova pessoa ( tanto no blog quanto na vida estou aprendendo) por isso em baixo da postagem tem esse negocio de números e páginas e a tantã aqui não consegui ajustar para o meu blog. Este template foi feito para uma moça chamada Iara e quando clicamos vamos para esta página ai de demo.Perdoem a falha, se alguém souber arrumar me ensine por favor.
Este ano será um ano de mudanças, vou emagrecer, buscar uma qualidade de vida melhor, postar com mais frequencia.
Comecei comprando um DVD da Solange Frazão em parceria com a revista Boa Forma , o DVD  traz  exercícios localizados (de bumbum, barriga, pernas, peito, braçocostas e alongamento) , já que agora no inicio do ano a grana ta curtissima, será um incentivo a mais, pois academia agora não dá!!!!








Também vou caminhar todos os dias uma hora.

Estou iniciando  não uma dieta propriamente dita, mas  reduzindo doces, petiscos, frituras.
Tentarei diminuir o refri. Gente sou viciada em coca zero com limão e guaraná zero com laranja.
Vou recomeçar o meu livro da Dieta de Becky e conforme for fazendo as tarefas, vou postando.
Saudades foram imensas nestes dias de ausência, mas eu só queria ler romances como Julia, Sabrina e dormir. Estou saindo do  casulo agora. Perdoem-me.

Meus selinhos